quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Família de Fernandópolis pede ajuda para transplante de medula óssea





A família do jovem João Pedro Moreira Azevedo de 6 anos pede aos fernandopolenses e solidários da região para que ajudem o jovem que a três anos luta contra a leucemia, e as 2 meses esta internado do hospital de base de São José do Rio Preto.

A leucemia é um tipo de câncer que agride os glóbulos brancos produzidos pela medula óssea. Pode ser mieloide ou linfoide e se apresentar de forma aguda ou crônica. A leucemia é a doença maligna mais comum na infância, correspondendo aproximadamente a 30% dos casos de câncer da criança.

Segundo a tia, Silmara Gomes, João está internado no Hospital de Base em São José do Rio Preto há quase três meses, onde está se tratando da doença, ela ainda ressalta que o sobrinho precisa de doadores de medula óssea para sua cura.

O procedimento é simples, não causa dano algum à saúde e pode salvar vidas. Para ser um doador de sangue é preciso ter entre 18 e 65 anos, estar com boa saúde, pesar mais de 50 quilos e apresentar um documento de identificação com foto.

Para se cadastrar para doação de medula é preciso ter entre 18 e 54 anos e ir até o hemocentro com um documento pessoal.

Será preenchido um formulário com dados pessoais e coletada uma amostra de sangue para testes que determinam as características genéticas necessárias para saber a compatibilidade entre o doador e o paciente receptor.

E atenção para fazer a doação os doadores tem que relatar que a doação será destinada favorecendo João Pedro Moreira Azevedo de 6 anos idade que sofre da doença.

O Hemocentro fica ao lado do Pronto Socorro da Santa Casa e o horário de funcionamento é de 2ª a 6ª feira das 8h às 18h30. Para mais informações o telefone é o 3442 5544.


Fonte: RegiãoNoroeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário